Loading

Comissão da FGV cria crowdfunding para bolsistas irem na festa de formatura

A formatura é um das datas mais marcantes na vida de qualquer pessoa. As festas são inesquecíveis. Porém, principalmente nas faculdades particulares, o preço da adesão costuma ser bem alto. Para alunos que são bolsistas, muitas vezes é inviável pagar esse valor. A Comissão de Formatura da FGV 117 X T6 11 resolveu lutar para ajudar esses colegas criando um crowdfunding.

A formatura é dos alunos de Administração de Empresas da turma 117, Direito da turma X, Administração Pública da turma 6 e Economia da turma 11. O nome vem dessas nomenclaturas. Entre todos os estudantes, 25 deles são bolsistas. Com o movimento do crowdfunding, a Comissão quer ver todos curtindo o baile no dia 30 de março de 2019

“Temos alguns integrantes da nossa comissão que são bolsistas e eles receberam essa demanda dos nossos formandos, da gente ter incentivos ou algum tipo de auxílio para os bolsistas. A partir daí, nossa comissão entrou de cabeça nessa causa e realmente virou uma bandeira nossa. Não bastava ter pequenos benefícios, nós queríamos nos comprometer a atender isso com uma estratégia integrada com a nossa formatura”, disse Marina Aquino, presidente da Comissão.

O crowdfunding pretende arrecadar R$ 40.500. O valor total, na verdade, seria de R$ 116.675, mas eles conseguiram diminuir esse custo de outras maneiras. Todos os bolsistas pagaram a quantia que podiam, a Toy Formaturas, agência da festa, doou 11 mesas para a causa e o custo total também foi abatido com o dinheiro da arrecadação da venda de festas universitárias.

Quem pretende ajudar esse bonito movimento também pode ser retribuído. Várias recompensas estão no mural do Catarse, como um violão autografado pela dupla Bruninho e Davi (R$ 300), camisas autografadas de Palmeiras ou Corinthians (R$ 400), bate papo com Bernardo Parnes, José Berenguer Neto, José Olympio Pereira ou Rudy Landucci (R$ 500) e até uma bola autografada por Neymar (R$ 2.500).

“Historicamente, muitos bolsistas ficavam de fora das formaturas da GV por causa do preço da adesão. Mesmo com alguns facilitadores, não era suficiente. Nossa comissão sempre viu isso como uma injustiça. O baile vai além de uma festa para se divertir, é uma ocasião para comemorar o final de um ciclo de anos, com amigos e família”, finalizou Marina.

A campanha entrou no ar no dia 1º de outubro e será finalizada no dia 2 de dezembro. Quer contribuir? Clique aqui!