Loading
5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

5 diferenças entre o intercâmbio em NY e em Toronto

A maior dúvida de quem está se preparando para se tornar um intercambista é: qual cidade devo escolher? Sydney, Londres, Melbourne e Montreal estão na lista de mais cotados para fazer um curso de inglês fora, mas não tem jeito, Nova Iorque e Toronto são as metrópoles dos sonhos.

As duas cidades têm muito em comum, como a cultura de consumo, multiculturalismo, grandes jogos de basquete (vale lembrar que o time de Toronto Raptors é o único a competir na NBA), junk food e temperatura, mas algumas diferenças tornam cada região única. Para tomar a melhor decisão do seu destino, o TikTalk separou os principais pontos da identidade de Nova Iorque e Toronto, confira:  

Cultura

A educação da população canadense uns com os outros é de extrema importância para eles, já que o país é multicultural e depende de outras descendências para formar a nação. Os norte-americanos são um pouco mais ríspidos e às vezes os brasileiros acham que o atendimento dos estabelecimentos faz “pouco caso”, mas é apenas o desdobramento da cultura deles.

Quanto ao consumo de bebidas alcoólicas, tanto em Manhattan quanto em Toronto é proibido beber nas ruas, porém no Canadá a idade mínima para entrar em bares e comprar drinks é de 18 anos.

A agilidade das duas metrópoles destoa bastante também. Os nova-iorquinos estão sempre na correria, prontos para qualquer negócio, já os canadenses preferem levar a vida com mais calma e só correr se for para fazer atividade física.

Por fim, a segurança nas duas cidades comparadas a do Rio de Janeiro e de São Paulo é para deixar o coração quase despreocupado. Contudo, o ranking de países mais pacíficos do mundo da Global Peace Index 2017 mostra que o Canadá sai na frente dos Estados Unidos e ocupa o oitavo lugar entre as regiões mais seguras para viver.

5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

Transporte

Claro, o táxi amarelo é a cara de NY, mas a cidade também conta com trens, ônibus, balsas e 24 rotas de metrô, enquanto Toronto têm apenas 4 linhas que cortam a cidade aos quatro cantos. Para suprir esse número, os canadenses também usam street cars (bonde elétrico).

5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

Preço

O custo de vida é mais caro no Canadá, mas em compensação o valor para a compra do dólar canadense é mais barato que o do dólar americano, ou seja, no final a conta sai quase a mesma.

5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

Pontos Turísticos

O que tem em uma cidade, basicamente tem na outra. Não são as mesmas atrações, mas enquanto Manhattan tem o Empire State Building, com 381 metros, Toronto é a casa da CN Tower de 553 metros.

Durante o inverno, época de muita neve nessas regiões, as pistas de patinação tomam os olhares. A mais próxima de Manhattan está a uma hora do centro e fica bastante lotada, mas outras quatro montanhas podem ser melhores opções para tentar algumas manobras na neve.  Em Toronto, a Blue Montain é a mais requisitada pelos profissionais, mas também amadores, por ter as maiores montanhas, 42 pistas e um vilarejo com hotéis de luxo e lojinhas.

5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

Visto

Nos dois países a estadia até 6 meses é permitida com o visto de turista, caso passe disso é necessário tirar o visto de estudante. O trâmite canadense requer que o estudante, além de mostrar todos os documentos solicitados, como ocorre com os EUA, também passe por exames de saúde e consulte um médico de indicação do próprio consulado.  

E no Canadá, se o intercambista já tiver visto americano válido e quiser passar até 26 meses estudando no país, só precisa tirar um registro online, o eTA (Eletronic Travel Authorization), que serve para entrar no país via aérea e custa $7 CAD.

5 diferenças entre o intercâmbio em Nova Iorque e em Toronto

*Um ponto importante no quesito estudo da língua inglesa nas duas cidades: não há diferença na forma de escrita e pronúncia, o que muda é a metodologia com que cada escola trabalha. E se você escolher a mesma instituição, que ensina tanto nos Estados Unidos, quanto no Canadá, as aulas são padronizadas.